Mário Frias é o mais novo secretário de Cultura

Ator aceitou o pedido feito pelo Presidente Jair Bolsonaro e assumirá o cargo ocupado por Regina Durte.

Foto: Reprodução/ Internet

Nesta sexta-feira (19), a edição extra do “Diário Oficial da União”, publicou a nomeação do ator Mário Frias como o mais novo Secretário de Cultura.

O ator que aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro, substituirá a atriz Regina Duarte que deixou o cargo há mais ou menos um mês.

Uma das missões do novo secretário é comandar um orçamento de R$ 366,43 milhões em 2020 – 36,6% menor que a verba do ano anterior.

É do oficio da Secretária de Cultura lidar com temas como preservação do patrimônio histórico e democratização do acesso a teatros e museus, economia criativa, direitos autorais, entre outros.

As sete entidades ligadas à secretaria são: A Agência Nacional do Cinema (Ancine), Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Biblioteca Nacional, Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Fundação Cultural Palmares.

VIU ISSO?

–> Bianca Andrade anuncia programa que será realizado no YouTube

–> Ludmilla posta vídeo no Instagram e explica toda briga com Anitta

–> A Fazenda: lista de possíveis participantes vaza e bomba na web


Sobre Mário Frias

Aos 48 anos de idade o ator ganhou destaque na TV no final de anos 90, após interpretar um dos galãs da novela adolescente “Malhação”.

Ao longo da carreira Mario Frias fez parte do elenco de novelas como “Senhora do Destino” (TV Globo), ”Floribella” (Band) e “A Terra Prometida” (Record).

Seu último trabalho nas novelas foi em “Verão 90” da TV Globo, emissora onde realizou seu primeiro trabalho.

* Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
guest
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
Adoraríamos seus pensamentos, por favor, comente.x
()
x